Câncer no Joelho

Tempo de leitura: 6 minutos

Existe câncer no joelho?

Sim. Apesar de raro, o câncer no joelho é um dos principais tipos de câncer quando analisamos os tumores do sistema músculo- esquelético. Alguns chamam de cancro no joelho.

A maioria dos cânceres localizados no joelho são sarcomas, mais precisamente osteossarcomas.

O joelho é o principal local de crescimento de câncer ósseo primário, que é aquele tipo de câncer que se origina no próprio osso.

Felizmente, a maior parte dos tumores que surgem ao redor  são benignos , mas é importante ficar atento aos sinais de alerta para câncer no joelho.

 

Tumor no joelho

Apesar da palavra ‘tumor’ provocar medo nas pessoas, nem todo tumor é sinônimo de câncer.

Os tumores benignos são aqueles que crescem mais lentamente e não se espalham pelo corpo. Existem tumores benignos com comportamento semelhante aos malignos, mas são mais raros.  O paciente não morre de um tumor benigno.

Os tumores malignos são sinônimos de câncer. Eles são mais agressivos localmente e podem se espalhar, podendo matar o paciente da doença.

Podemos dividir os tumores do joelho em tumores ósseos, que se originam no osso, e o os tumores de partes moles que são aqueles que se originam fora do osso, em tecidos musculares, gorduras ou dentro da articulação

 

Tumor ósseo no joelho

Os principais tumores ósseos BENIGNOS do joelho são:

  • Osteocondroma.
  • Condroblastoma.
  • Encondroma.
  • Fibroma não- ossificante.
  • Tumor de células gigantes.
  • Cisto ósseo aneurismático.
  • Osteoma osteóide.
  • Fibroma condromixóide.

Os principais tumores ósseos MALIGNOS do joelho ou Câncer ósseo são:

  • Osteossarcoma.
  • Sarcoma de Ewing.
  • Condrossarcoma.
  • Metástases ósseas.

Os principais tipos de câncer de partes moles no joelho ou Sarcomas de partes moles são:

  • Sarcoma Sinovial.
  • Lipossarcoma.
  • Sarcoma pleomórfico.

 

Sintomas de Câncer no joelho

Quando um câncer cresce no joelho, ele provoca alguns sintomas característicos como:

  • Dor persistente e progressiva com piora noturna.
  • Aumento de volume local.
  • Rigidez articular.
  • Derrame articular ou  “água no joelho”.
  • Inflamação ( aumento de temperatura local)
  • Fratura patológica.
  • Marcha claudicante ou “marcha manca”.
Câncer de joelho
O aumento de volume local é característico do Câncer de joelho

Câncer no joelho dói?

No início dos sintomas, o câncer no joelho pode não provocar dor. 

Como o crescimento e desenvolvimento do tumor, a dor passa a ser o sintoma mais marcante.

A dor do câncer, costuma ser progressiva, contínua, de forte intensidade, sem alívio completo com analgésicos e com piora noturna. Em geral, não tem relação com esforço físico também.

Qualquer dor no joelho com estas características por mais de 3 semanas deverá ser rapidamente investigada.

 

Dor no joelho pode ser câncer?

A grande maioria das dores no joelho não tem relação com câncer.

São tendinites, bursites, sobrecargas, inflamações,  lesões de cartilagem e artrose em geral, ou seja, têm origem ortopédica e não oncológica.

Por isso, é muito importante ficar tranquilo num primeiro momento, mas estar atento aos sinais de alerta e procurar uma avaliação médica quando os sintomas ficarem persistentes sem um diagnóstico estabelecido.

 

Dor no joelho
A dor no joelho é o principal sintoma de Câncer no Joelho

 

Primeiros sintomas de câncer no joelho

Os primeiros sintomas de câncer no joelho são a dor progressiva e o aumento de volume local. 

Eles podem ser confundidos com outras patologias como infecções, tendinites e entorses.

Por isso, muitas vezes o diagnóstico demorar para ser realizado.

 

Câncer no joelho infantil

O principal câncer no joelho infantil é o osteossarcoma.

Este é o principal tipo de sarcoma ósseo em crianças e adolescentes e seu principal local de aparecimento é justamente o joelho.

Por isso, a importância de não subestimar a dor joelho em crianças que muitas vezes é confundida com a “dor do crescimento” ou “mal jeito”.

Uma simples radiografia pode ser o suficiente para diagnóstico do osteossarcoma infantil.

 

Quais exames detectam o câncer no joelho?

O principal exame para diagnóstico de câncer no joelho é a Radiografia Simples.  Este exame pode ser feito em muitos serviços de saúde no Brasil e muitas vezes é suficiente para o diagnóstico de câncer no joelho.

A Ressonância Magnética também é um ótimo exame. Ela avalia de forma mais detalhada o tamanho do tumor, seu tipo e em tumores de partes moles é o melhor exame para avaliação.

Sempre que há uma suspeita de um câncer no joelho, deverá ser feita uma biópsia, a não ser que seja metástase ósseo de um câncer já conhecido.

 A biópsia é um procedimento em que é retirado parte do tumor que é enviado para análise anatomopatológica e imunohistoquímica.

 

Cancer no joelho
A radiografia simples é o principal exame para diagnóstico do câncer de joelho

 

Tratamento do Câncer no Joelho

O tratamento do câncer no joelho depende do tipo de câncer.

A grande maioria destes tumores terá que ser removido com cirurgia. A reconstrução óssea normalmente é feita com próteses, chamadas de endopróteses não – convencionais que são montadas no momento da cirurgia. Outras opções são transplantes ósseos e uso de placas e cimento ortopédico.

No caso do osteossarcoma é feito quimioterapia antes e depois da cirurgia para diminuir o tamanho do tumor e a chance de metástases.

Algumas metástases ósseas poderão ser tratadas com radioterapia.

Já os sarcomas de partes moles são tratados na maioria dos casos com cirurgia e radioterapia nos casos mais agressivos.

A grande maioria dos pacientes poderá ser tratada do câncer no joelho com cirurgias e procedimentos com preservação do membro, mas em casos avançados, pode ser necessária a cirurgia de amputação.

 

Câncer no joelho tem cura?

Sim . Com certeza.

Quando falamos de câncer primário como osteossarcoma, por exemplo, aumentamos muito as chances de cura nos casos diagnosticados e tratados precocemente. 

Muitas vezes, esse é um desafio para o oncologista ortopédico , mas na grande maioria das vezes existem várias opções de tratamento.

No caso das metástases ósseas, as chances de cura são muito pequenas, mas existem diversas formas de tratamento para alívio de dor e ganho de função do paciente, além de controle do câncer que originou a metástase.

 

Câncer no joelho fotos

 

Gostou do artigo? Faça seus comentários abaixo.

Compartilhe no Whatsapp e redes sociais.

Referências

Peleteiro-Pensado M., Barrientos-Ruiz I., Ortiz-Cruz E.J. (2017) Bone Tumors Around the Knee. In: Rodríguez-Merchán E., Liddle A. (eds) Joint Preservation in the Adult Knee. Springer, Cham. https://doi.org/10.1007/978-3-319-41808-7_13

Comentários do Facebook

O Dr. Daniel é Oncologista Ortopédico  e Especialista em Cirurgia do Quadril, tendo grande reconhecimento nessa área pelo Brasil e mundo afora. Hoje ele é credenciado e realiza cirurgias em Hospitais famosos como: Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanes, Oswaldo Cruz e Hospital Santa Catarina, sendo referência no tratamento de problemas oncológicos ortopédicos e também como Especialista em cirurgia do quadril.

Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT)
Membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Ortopédica
Membro da Sociedade Internacional de Salvamento de Membro (ISOLS)
Médico Assistente do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP)
Médico Consultor do Grupo de Oncologia Ortopédica do Hospital Mário Covas da Faculdade de Medicina do ABC
Membro da diretoria da Associação Brasileira de Oncologia Ortopédica